Os três tipos das escalas menores

escalas-c-a-menor-natural

Existem três escalas menores diferentes :

A escala menor natural ou relativa
A escala menor harmônica
A escala menor melódica

Cada uma delas possui seu próprio padrão de intervalos, porém todas carregam um traço comum, que as diferencia da Escala maior: o intervalo entre a 1ª e a 3ª nota da escala é sempre de um tom e meio (Um tom mais um semitom).

Esse intervalo é chamado de terça menor, em oposição ao intervalo de terça maior (de dois tons), característico da Escala maior.

As escalas menores distinguem-se umas das outras conforme apresentem o 6º e o 7º grau elevados (mais agudos) ou não.

Fica mais fácil compreender o princípio e a formação das escalas menores examinando primeiro a maneira como a escala menor natural se relaciona com escala maior; e depois, vendo de que maneira ela é alterada, para produzir as escalas menores harmônica e melódica.

É importante dominar as diferenças entre as escalas menores, pois elas ocorrem frequentemente.

Como construir as escalas menores naturais

Assim como modo Jônico foi o predecessor da escala maior, a escala menor natural é derivada de outro modo, o chamado modo eólio.

Ambos os modos eram escalas diatônicas executadas apenas nas notas brancas do teclado. Porém, enquanto jônico começava com C (dó), o eólio começava na nota A (lá).

Isso significa que as notas de ambas as escalas são as mesmas. Entretanto, pelo fato de a escala menor natural possuir um ponto de partida diferente, ela apresenta um padrão de intervalo próprio: Tom (1ª para 2ª nota), Semitom (2ª para 3ª), Tom (3ª para 4ª) Tom (4ª para 5ª), Semitom (5ª para 6ª) Tom (6ª para 7ª) Tom (7ª para 8ª).

Compare a escala de C (dó maior) com a escala de Am (lá menor). Você perceberá que a 3ª nota da escala menor é a 1ª nota da escala maior (um C, dó) e que é a 6ª nota da escala maior é a 1ª nota da escala menor (um A, lá).

Essa relação é a chave para compreender a conexão entre as escalas maiores e menores.

Cada escala maior possui uma escala menor relativa, e, reciprocamente, cada escala menor possui uma escala maior relativa.

É fácil localizar e construir uma escala menor relativa. A escala relativa menor fica três semitons abaixo da escala maior; a escala relativa maior, consequentemente, fica três semitons acima da escala menor.

A escala maior e a sua escala menor natural relativa compartilham a mesma “armadura de clave”. Possuem, assim, as mesmas notas. Porém, pelo fato de começarem em pontos diferentes, possuem um padrão e uma sonoridade diferentes.

As escalas de C maior e de A menor natural

A escala menor natural de A (lá) é a relativa menor de C (dó maior). Ela contém as mesmas notas da escala de C (dó maior), mas começa em A (lá).

Ela aparece aqui na 3ª corda, começando na nota A (lá) três semitons abaixo de C (dó) (2ª corda, 1º traste).
Isso modifica o padrão de intervalos da escala.
escalas-maior-e-menor

Padrão de dedilhado para escala menor natural
escala-menor-natural
escalas de C - Am natural

Distinção entre a escala de C (dó maior) e a escala de Cm (dó menor natural)
escalas-c-a-menor-natural

Construção das escalas menores harmônicas

A escala menor harmônica é o resultado da aplicação dos princípios da harmonia à construção dos acordes.

No post teoria dos três acordes vimos que um acorde pode ser construído sobre qualquer grau (nota) da escala, e que os acordes mais importantes são aqueles construídos sobre a 1ª nota (o acorde de tônica, ou acorde I) e sobre a 5ª nota (o acorde de dominante, ou V acorde).

Uma das três notas que constitui o acorde dominante é a 7ª nota da escala.

Na escala maior, a 7ª nota encontra-se um semitom abaixo da tônica. Mas, na escala menor natural, a 7ª nota está um tom abaixo da tônica.

Isso significa que os acordes dominantes construídos sobre o 5º grau das escalas maior e menor natural não produzem o mesmo efeito.

Para contornar este problema, a 7ª nota da escala menor natural é elevada em um semitom.

Padrão de dedilhado para a escala menor harmônica
escala-menor-harmonica
escalas-c-am_harmonica

Distinção entre escala de C (dó maior) e a escala de Cm (dó menor harmônica)
escalas-c-a-menor-harmonica

Construção das escalas menores melódicas

O único problema com escala menor harmônica é que, reduzindo-se o intervalo entre a 7ª e a 8ª nota de um semitom, o intervalo entre a 6ª e a 7ª nota é aumentado para três semitons (uma terça meno).

Isso constitui uma exceção do padrão de intervalos da escala, baseado apenas em tons e semitons.

A solução, então, é elevar a 6ª nota da escala em um semitom. Em Am (lá menor), isto significa a elevação de F (fá) para F# (fá sustenido), reduzindo o intervalo entre a 6ª e a 7ª nota para um tom.

O resultado é um “fluxo” melódico mais suave. Esse método é utilizado na forma ascendente da escala (quando ela se dirige para as notas mais agudas), e a escala resultante é chamada de menor melódica.

Ao tocar uma melodia descendente, não é mais importante manter o intervalo de semitom entre a 7ª e a 8ª nota. Emprega-se, assim, a escala menor natural comum.

Padrão de dedilhado para a escala menor melódica
escala-menor-melodica
escalas-c-am_melodica

Distinção entre escala de C (dó maior) e a escala de Cm (dó menor melódica)
escalas-c-a-menor-melodica

fonte: Toque – Ralph Denyer

🙂 😳 😆

Autor: Airton

Profissional freelancer atuando nas áreas de Design Gráfico, Produção Gráfica e Web Design. Desenvolvo projetos para mídias impressas e digitais. Sempre interessado nos avanços das tecnologias, métodos e processos, venho me dedicando ao estudo do Marketing Digital. "Músico por paixão" :-)

4 comentários em “Os três tipos das escalas menores”

    1. Oi Paulo, me desculpe, mas não entendi sua pergunta!
      Mas mesmo assim vou tentar responder, as cordas no diagrama do braço do violão ou da guitarra são dispostas assim:
      1ª corda = Mi (mais aguda)
      2ª corda = Si
      3ª corda = Sol
      4ª corda = Ré
      5ª corda = Lá
      6ª corda = Mi (mais grave)

  1. eu acho este site espetacular e agradeço esta oportunidade de aprender alguma coisa interessante, não tenho prática mas estou a aprender e tento faze-lo pela internet. muito obrigado mais uma vez; AIRTON

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.