Unidade de tempo

unidades de tempo 2 por 4

Vimos que a fórmula de compasso é determinada por dois elementos, o número de tempos por compasso e o valor rítmico adotado para representar esses tempos. O valor rítmico que representa a pulsação básica do compasso é denominado unidade de tempo.

Um compasso 2/4, por exemplo, tem dois tempos de semínima por compasso.

A semínima, que é a unidade de tempo desses compassos, pode ser subdividida em duas colcheias, quatro semicolcheias, oito fusas etc.

Compasso simples

unidade de tempo 2 por 4Quando a unidade de tempo de um compasso é um valor rítmico divisível por dois, o compasso é simples, como mostra o exemplo.

Quando a unidade de tempo não é divisível por dois, dizemos que o compasso é composto.

Tomemos como exemplo o compasso 6/8. Ele apresenta seis tempos em cada compasso, e cada tempo é representado por uma colcheia.

Esses tempos de colcheia, porém, são agrupados de três em três, o que significa que a pulsação básica desse compasso, ou seja, sua unidade de tempo, é na verdade, um valor rítmico equivalente a três colcheias.

Esse valor é a semínima pontuada ( seminima pontuada )

O ponto colocado diante dela é o chamado ponto de aumento, que faz aumentar a duração da nota em metade da sua duração original.

A semínima pontuada, equivalente a duração de três colcheias, não é uma unidade de tempo que possa ser dividida em dois, quatro, oito.

Sua subdivisão, conforme a figura a seguir, se dá através dos números 6, 9, 12 etc.

Compasso composto

unidades de tempo 6 por 8
Compare esse diagrama com o anterior. São, na verdade, compassos semelhantes, os dois são binários, ou seja, tem duas pulsações básicas por compasso.

Só que no 2/4 cada pulsação ( seminima ) é divisível por dois e múltiplos de dois, enquanto no 6/8 cada pulsação básica ( seminima pontuada ) é divisível por três e seus múltiplos.

Como não há nenhum número que possa representar a semínima pontuada na fórmula de compasso, adotaram-se os números 6 e 8 (colcheias) para representar a fórmula desse compasso, apesar de isso não deixar muito claro que sua pulsação básica é binária.

Solfejo rítmico

O solfejo rítmico é uma atividade importantíssima para a aprendizagem da leitura musical e para o desenvolvimento do sentido de marcação rítmica.

É fundamental que o instrumentista saiba onde estão os tempos e sinta a sucessão dos compassos durante sua execução.

Nesse aspecto a prática do solfejo rítmico constitui um auxílio dos mais valiosos.

Nos compassos simples, experimente marcar com a mão, batendo sobre a mesa, os tempos do compasso, procurando manter a sucessão de batidas num andamento constante e relativamente cômodo (ou seja não muito rápido, a ponto de dificultar a leitura das subdivisões, nem devagar demais, a ponto de diluir a sensação de regularidade dos tempos).

A seguir, estão alguns exemplos de compassos simples, nas fórmulas 2/4, 3/4 e 4/4.
Os fundamentos do solfejo rítmico estão explicados em Fundamentos do ritmo musical.

Relembramos que, além de manter o tempo invariável nas batidas da mão, é muito importante prolongar na voz a duração das notas pelo seu valor exato, ou seja, até a duração das notas ou do tempo seguintes.

Nos exemplos que você vai ver adiante contém apenas semínimas, mínimas e colcheias, com suas respectivas pausas.

Ao ler a pauta, obviamente, você deve interromper a voz pela duração da pausa.

Esse tipo de exercício costuma apresentar algumas dificuldades no início, especialmente quando a pauta apresenta pausas distribuídas de modo menos simples.

Entretanto, como quase tudo o que se relaciona com a leitura musical, o esforço em dominar as informações de uma partitura logo são recompensados.

De modo geral é rápida a passagem do estágio em que “Não está se entendendo nada” para o entendimento de algo que é fácil.

Agrupamento das notas

Nos compassos simples, você vai observar que as colcheias aparecem sempre unidas duas a duas por barras horizontais.

Nos compassos compostos o agrupamento das notas sob barras obedece ao agrupamento de três em três.

Isso corresponde a acentuação dos tempos do compasso, pois cada grupo de três notas que forma a pulsação básica desses compassos tem um leve acento na primeira delas, para delimitar melhor o agrupamento e torná-lo audível.

Pelo agrupamento das notas podemos também distinguir se uma música está escrita em 3/4 ou 6/8.

Veja a diferença no exemplo, onde os dois compassos tem o mesmo número total de colcheias.
agrupamento das notas

Compassos simples

Os valores empregados nos exemplos a seguir são os seguintes:
Semínima (semínima) Em todos os exemplos a seguir, equivale a um tempo do compasso (ou seja, uma batida da mão).

Tem a mesma duração que duas colcheias (colcheias ligadas) e a metade da duração de uma mínima (mínima).

A pausa de semínima é representada pelo sinal (pausa de semínima), e seu silêncio dura o equivalente a semínima (portanto um tempo também).

Colcheia (colcheia) Tem duração equivalente a metade de uma semínima. Portanto, são necessárias duas colcheias para perfazer um tempo do compasso e quatro colcheias para equivaler a uma mínima (minima).

A pausa de colcheia é representada pelo sinal (pausa de colcheia).

Quando duas colcheias aparecem juntas no mesmo tempo, são unidas por uma barra horizontal (colcheias ligadas).

Isso facilita a visualização de que o par de colcheias é equivalente a um tempo do compasso.

Mínima (minima) Tem o dobro da duração de uma semínima, valendo, portanto, dois tempos nos compassos simples exemplificados aqui.

A sua pausa é representada pelo sinal (pausa de minima), colocado acima da terceira linha do pentagrama.

No primeira exemplo, colocamos a indicação do que a voz deve cantar. Nos seguintes, essa indicação seria repetida.

Por isso, eles tem apenas as notas a serem cantadas e a marcação dos tempos do compasso, batidos com a mão.

compasso simples 2 por 4

compasso simples 3 por 4

compasso simples 4 por 4

Compassos compostos

Como vimos, a unidade de tempo nos compassos compostos é a semínima pontuada (seminima pontuada)

Ela só pode ser subdividida em três ou múltiplos de três e equivale portanto a três colcheias (3 colcheias ligadas), seis semicolcheias (6-semicolcheias-ligadas) etc.

Os compassos compostos podem ser solfejados de duas maneiras: batendo com a mão apenas a unidade de tempo (seminima pontuada), ou batendo todos os tempos de colcheia.

Nos andamentos rápidos, marca-se a semínima pontuada; em andamentos mais lentos, geralmente marcam-se as colcheias.

Nos exemplos, sugerimos que você marque a princípio todas as colcheias com a mão.

Note que os compassos compostos tem a correspondência com o simples, dada pelo número de unidades de tempo.

O compasso 6/8 tem duas semínimas pontuadas por compasso; corresponde, assim, ao 2/4, que tem duas semínimas por compasso.

O compasso 9/8 é um compasso ternário, assim como o 3/4; só que, a exemplo do 6/8, cada unidade de tempo do 9/8 está subdividida em três colcheias, enquanto a unidade de tempo do 3/4, a semínima, subdivide-se em duas colcheias.

O compasso 12/8, por sua vez, corresponde, dentro do mesmo esquema, ao compasso 4/4.

Nos exemplos com compassos compostos empregaremos os seguintes valores:

semínima pontuada (seminima pontuada) – Constitui a unidade de tempo em todos os exemplos a seguir.

Tem duração equivalente a três colcheias (3 colcheias ligadas) e metade da duração de uma mínima pontuada (minima pontuada).

A pausa de semínima pontuada é representada pelo sinal de (pausa de seminima pontuada).

colcheia (colcheia) – Nos compassos compostos, equivale a um terço da unidade de tempo (minima pontuada) e geralmente aparece em agrupamentos de três colcheias (3 colcheias ligadas).

Em andamentos lentos, corresponde a pulsação básica. A pausa é indicada pelo sinal (pausa de colcheia).

semicolcheia (semicolcheia) – Equivale a um sexto da semínima pontuada e a metade da colcheia.

Quando agrupada com outras semicolcheias, aparece unida com uma barra horizontal dupla, como representado ao lado: (6-semicolcheias-ligadas).

A pausa de semicolcheia é representada pelo sinal (pausa de semicolcheia).

mínima pontuada (minima pontuada) – Tem o dobro da duração da semínima pontuada; equivalente, portanto, a seis colcheias.

Num 6/8, ocupa toda a duração do compasso.

A pausa é indicada pelo sinal (pausa de minima pontuada).

compasso composto 6 por 8

compasso composto 9 por 8

compasso composto 12 por 8

fonte: Toque – Ralph Denyer

🙂 😳 😆

curso express violao

Autor: Airton

Profissional freelancer atuando nas áreas de Design Gráfico, Produção Gráfica e Web Design. Desenvolvo projetos para mídias impressas e digitais. Sempre interessado nos avanços das tecnologias, métodos e processos, venho me dedicando ao estudo do Marketing Digital. "Músico por paixão" :-)

Um comentário em “Unidade de tempo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.